A busca e a preocupação por um corpo mais saudável cresceu vertiginosamente nos últimos anos. Reflexo disso foi o aumento no número de pessoas que procuram profissionais para receber orientações quanto a ganho de massa muscular, obesidade, dietas e desempenho esportivo.

Neste caminho estão os nutricionistas e nutrólogos, e quando falamos de alimentação saudável, não raro confundimos as funções de ambos profissionais. Se esta é também sua dúvida, continue acompanhando este post que iremos esclarecer as singularidades de cada um. Vamos a elas?

A primeira grande diferença está na formação acadêmica. Enquanto o nutrólogo é um profissional formado em medicina e que busca conhecimento aprofundado em nutrição, o nutricionista deve ter diploma de curso superior em Nutrição, podendo se especializar em diferentes áreas como, por exemplo, nutrição clínica e saúde coletiva.

Outra diferença no quesito formação acadêmica está na duração dos cursos superiores. O bacharelado em medicina tem duração média de 6 anos, sem contar o período que o médico utiliza de estudos para se tornar um nutrólogo, que pode ser feita através de residência médica ou pós-graduação.

Diferentemente da medicina, o bacharelado em nutrição tem duração média de 4 anos a 5 anos, podendo somar a este também o tempo de especialização.

O médico nutrólogo tem conhecimentos gerais da medicina, possibilitando que ele solicite exames específicos de especialidades para além da nutrologia a fim de obter mais informações sobre as condições de saúde do paciente, e desta forma, encaminhá-lo a outro colega especialista (quando houver necessidade), ou indicar medicamentos de manutenção e tratamento de condições nutricionais.

As Faculdades BWS se orgulham em contribuir para o desenvolvimento de seus alunos de modo pleno e efetivo, tendo seus cursos apoiados cientificamente por diversas sociedades médicas.

Entre os seus cursos mais procurados, a Pós-Graduação em Nutrologia prática e teórica atende às normas do MEC. Conheça!

Competências Diferentes

Sendo a nutrologia uma especialidade médica aceita pelo Conselho Federal de Medicina, cabe ao nutrólogo diagnosticar problemas relacionados ao ganho ou perda de peso de um paciente, desordens alimentares, etc.

O objetivo, neste caso, é entender o que está acontecendo com o organismo para, então, propor o tratamento mais adequado.

Por sua vez, ao nutricionista é vedado a possibilidade de medicar, esta é uma condição que apenas os nutrólogos têm.

Em contrapartida, os nutricionistas têm conhecimento mais profundo sobre os alimentos, com amplo repertório sobre dietas, nutrientes e suas devidas proporções para seus respectivos fins.

Nutrólogo

  • Realizar exames para identificar carência ou excesso de nutrientes
  • Prescrever medicamentos analisando o tipo de distúrbio alimentar
  • Determinar a nutrição parenteral a pacientes hospitalizados

Nutricionista

  • Indicar melhores hábitos alimentares e fazer prescrição dietética
  • Definir cardápio de refeições de forma individualizada
  • Planejar e coordenar o preparo das refeições

Apesar do enfoque distinto, estas são áreas complementares, e como costumam dizer: a união faz a força!

O trabalho em comunhão do nutrólogo com o nutricionista, pode resultar em um tratamento ainda mais completo e satisfatório.

É importante que o nutricionista indique um nutrólogo a pacientes que necessitem de remédios para controle de patologias, assim como se faz necessário que o nutrólogo indique um nutricionista a pacientes com disfunções alimentares.

Conte com a BWS para fazer carreira com você. Somos uma instituição de pós-graduação para médicos no Brasil.

Oferecemos cursos para que médicos possam atuar em outras áreas da saúde, como a Nutrologia.

Confira nosso site e saiba mais.