Se você já pensa em fazer uma pós-graduação, a Nutrologia pode ser uma opção muito interessante. Mas por não ser uma profissão tão conhecida, as pessoas costumam ter dúvidas: o que um nutrólogo faz? Qual a diferença dele para um nutricionista?

Embora a necessidade de profissionais desse segmento seja alta, o número de especialistas ainda é insuficiente. Portanto, se você se interessa em estudar sobre nutrientes e alimentação, continue a leitura e descubra o que um nutrólogo faz:

O que um nutrólogo faz?

O nutrólogo pesquisa e avalia a atuação dos nutrientes no nosso organismo, além de se especializar em patologias causadas por uma alimentação inadequada. Com isso, ele melhora nossa relação com as refeições que consumimos diariamente.

Seu objetivo é a manutenção da saúde e a prevenção de patologias. Portanto, resumidamente o que um nutrólogo faz é:

  • tratar patologias nutricionais, principalmente diabetes, hipertensão arterial, obesidade, anorexia e bulimia;
  • requerer e interpretar exames complementares;
  • auxiliar a alimentação e a nutrição de cada paciente;
  • identificar erros alimentares, medicamentos e comportamentos que estejam prejudicando o equilíbrio nutricional;
  • fazer o acompanhamento nutricional de atletas;
  • prescrever medicamentos e suplementos vitamínicos de acordo com seu diagnóstico;
  • formular dietas enterais (por meio de sonda) e parenterais (venosas) de pacientes hospitalizados;
  • propor mudanças de hábitos de vida (tanto alimentares quanto comportamentais) que possam prevenir patologias;
  • trabalhar a nutrição preventiva.

Ele também deve orientar o paciente a:

  • mudar hábitos alimentares prejudiciais;
  • saber quais substâncias presentes nos alimentos são benéficas ou maléficas, para que ele possa fazer suas escolhas de forma independente;
  • entender que patologias alimentares podem ser das mais simples (deficiência de vitamina A) às mais complexas (obesidade, câncer);
  • conhecer ou ler as informações nutricionais dos rótulos, hábito fundamental para a promoção de sua saúde e a prevenção contra patologias;
  • ter ciência de que hábitos alimentares influenciam os mecanismos regulatórios do organismo;
  • estudar continuamente o papel dos nutrientes em todas as fases da vida para que seus pacientes tenham uma vida saudável, inclusive na velhice.

O que é EMTN?

O nutrólogo integra uma das principais frentes de atuação em uma equipe multidisciplinar denominada EMTN (Equipe Multidisciplinar da Terapia Nutricional). Segundo a Resolução RDC Nº 63, de 6 julho de 2000, essa equipe deve ter pelo menos um profissional de  cada uma das habilitações:

  • médico;
  • nutricionista;
  • enfermeiro;
  • farmacêutico.

A EMTN pode contar também com profissionais de outras áreas,
contanto que sejam habilitados e com treinamento específico para a prática da Terapia Nutricional.

O nutrólogo também pode atuar com endrocrinologistas, gastroenterologistas, cardiologistas e médicos do esporte, além de outros profissionais da saúde, como educadores físicos, nutricionistas, enfermeiros, psicoterapeutas e fisioterapeutas.

Além da EMTN, é também possível ao nutrólogo atuar com as indústrias de alimentos e farmacêutica pela prevenção de patologias, desenvolvimento de refeições mais balanceadas e busca por avanços terapêuticos.

Qual a diferença de um nutrólogo para um nutricionista?

Um nutrólogo é um médico com pós-graduação ou residência médica em Nutrologia. Por isso mesmo, ele é o único profissional habilitado a prescrever medicamentos a pacientes depois de fazer o diagnóstico das deficiências e excessos no organismo.

Já o nutricionista é o profissional formado em Nutrição e, por isso, não pode receitar remédios. No entanto, ele é responsável por elaborar uma dieta específica para as necessidades do paciente. Essa reeducação alimentar pode ser tanto para a busca de melhor qualidade de vida quanto para otimizar o desempenho em atividades esportivas.

Em linhas gerais, enquanto o nutrólogo monitora a patologia, o nutricionista acompanha e auxilia o paciente a se adaptar à sua nova dieta.

Como você viu, o que um nutrólogo faz é extremamente importante. Isso porque ele atua tanto com a prevenção quanto com o tratamento de distúrbios alimentares. Além disso, tem uma forte atuação com outros profissionais da saúde, oferecendo mais qualidade de vida ao paciente.

Portanto, se você deseja atuar em uma especialidade com alta demanda, mas baixa oferta de pacientes, a pós-graduação em Nutrologia é uma excelente opção.